Perder peso para melhorar a autoestima e ter saúde, portanto nesse blog tem tudo o que é relativo aos meus cuidados e interesses com a aparência e saúde.

terça-feira, 31 de maio de 2016

Atividade física após cirurgia

Fui retirar os pontos da cirurgia hoje, no consultório do médico. Ele disse que minha cicatrização está muito boa. Perguntei quando vou estar liberada para fazer uma atividade física, como uma caminhada de 1 hora, e ele respondeu que depois de 1 mês, mas que eu posso andar, sem exagerar. Não vejo a hora de começar a caminhar, estou muito animada (para emagrecer) e sentindo falta disso.

Plantio e colheita

"Não vos enganeis: de Deus não se zomba; pois aquilo que o homem semear, isso também ceifará."
Gálatas 6:7

Colhemos o que plantamos, então escolha bem o que plantar! Somos livres para escolher o plantio, mas somos obrigados a colher o fruto do que plantamos.

sábado, 28 de maio de 2016

Agradecida a Deus

Quando paro pra pensar na minha vida vejo o quanto tenho a agradecer a Deus. Gostaria de enumerar todas as coisas para agradecer, mas não conseguiria. O simples fato de respirar, sentir o ar entrando pelo nariz e enchendo o meu peito, já me faz ser profundamente grata ao meu Deus.

Dia de Pesagem

Peso de hoje: 71,600 Kg

Muito feliz com o peso de hoje! Mandei embora 1,600 Kg essa semana. E olha que foi só a alimentação, imagina quando começar as minhas caminhadas!
Estou comendo bem pouquinho (e não estou passando fome).


Ignorem essa unha feia do dedão direito, tenho que esperar ela crescer para corrigir esse formato, rs.

sexta-feira, 27 de maio de 2016

Recuperação pós colecistectomia

Ontem fez uma semana que eu fiz a cirurgia. Após a cirurgia, eu bebi apenas um caldo (que foi meu almoço e jantar naquele dia). No dia seguinte, ainda lá no hospital, eu bebi chá de manhã e almocei uma canja. Em casa eu jantei uma canja novamente. No terceiro dia eu almocei um mingau de fubá com um pouco de caldo de feijão, no café da manhã e da tarde eu tomei café com leite, comi bolacha (club social) e bolo de laranja. No jantar tentei comer uma sopa, mas não consegui, comecei a sentir enjoo. No quarto dia decidi comer comida (arroz, feijão, carne e salada), em pequenas quantidades. 

Senti enjoo uns três dias, e tomei 30 gotas de bromoprida de 6 em 6 horas (conforme o médico havia receitado). Também tomei 1 comprimido de lisador de 6 em 6 horas por dois dias. Na verdade não cheguei a sentir uma dor que incomodasse, mas quis tomar para prevenir.

Depois que o enjoo passou, fiquei com a boca amarga por uns dois dias. Meu intestino funcionou bem, tive um princípio de diarreia umas duas vezes. Acredito que o meu organismo está se adaptando a sua nova realidade.

Ainda não tirei os pontos, marquei com o médico para tirar na semana que vem, pois era o horário que ele tinha disponível. Vão ser tirados 12 dias após a cirurgia. 

Não tomei banho de corpo inteiro, pra não molhar muito os pontos. Tomo banho de chuveirinho e minha mãe me ajuda a lavar o cabelo.

Ontem saí de casa pela primeira vez, fui até a casa do meu noivo a pé (é uma subida de duas quadras) e depois saímos de carro. Confesso que senti um pouco de dor na barriga depois, do lado direito próximo ao umbigo, acredito que foi o esforço.

Tenho mais uma semana de atestado, e tenho certeza que vou estar totalmente recuperada nesse tempo.

quinta-feira, 26 de maio de 2016

Dica para hidratar os cotovelos

Meus cotovelos estavam horríveis, escurecidos e até um pouco cascudos, de tão ressecados que estavam.

Usei dois produtos que melhoraram muito o aspecto, e continuo usando porque acredito que vão resolver totalmente o problema com o tempo.

Comprei o Bio-Oil no site Beleza na Web, para usar no rosto, usei três vezes e apareceram algumas espinhas. Mas achei outra função para o produto e gostei! O meu contém 125 ml e paguei em torno de R$ 45,00 em uma promoção. Atualmente ele está custando R$ 58,00 no mesmo site, mas tem a versão menor de 60 ml que custa R$ 38,00. Ele tem um prazo de validade de 3 anos e rende muito. Uso de manhã e no final do dia, após o banho.

E uma vez por semana faço uma esfoliação na região, com o creme esfoliante para o corpo SatinBody, da Mary Kay. Ele tem micropartículas e é bem denso. Contém 185 g e custa R$ 49,00.

domingo, 22 de maio de 2016

Dia de Pesagem

Peso de hoje: 73,200 Kg

Eliminei 400 gramas nessa semana.

Meu noivo colocou na cabeça que precisa quer emagrecer. E eu achei isso ótimo, porque dessa forma ele me ajuda também, pois não vamos comer bobagens enquanto ele estiver focado em emagrecer.

Ele come muito pior do que eu, mas eu emagreço de uma forma muito mais lenta do que ele.

sábado, 21 de maio de 2016

Minha Colecistectomia

Minha cirurgia de retirada da vesícula aconteceu no dia 19 de maio. O procedimento foi marcado para às 07:30, mas internei às 06:00 horas da manhã.  Tomei anestesia geral, olhei para o relógio na parede que marcava 07:25 horas e apaguei. Quando acordei estava na sala de recuperação e eram 11:30 horas. Logo fui para o quarto e recebi alta no dia seguinte às 13:00 horas. Foi tudo muito tranquilo, não tive dor, nem enjoo. Meu médico me deu 15 dias de atestado para me recuperar, me orientou a comer apenas líquidos, mingaus, sopas e frutas nos primeiros sete dias, e disse que vou retirar os pontos após uma semana de operada.

Minha cirurgia foi por videolaparoscopia. São feitas 4 incisões por onde entram os instrumentos, sendo um no umbigo, por onde é retirada a vesícula:

Pedras que estavam na minha vesícula (54 pedrinhas):

Logo após a cirurgia:

Um pouco antes de sair do hospital, no dia seguinte a cirurgia:

O meu plano de saúde cobriu todas as despesas.
A intenção desse post é mostrar para quem vai passar por esse procedimento, que a recuperação é tranquila. O risco de ficar com as pedras é muito maior do que o risco da cirurgia!

sábado, 14 de maio de 2016

Dia de Pesagem

Quase dois meses que não registro o meu peso aqui.
Como vou fazer uma cirurgia essa semana (retirada da vesícula), vou registrar meu peso atual porque talvez eu emagreça depois da cirurgia, já que provavelmente vou ter que entrar em uma dieta.

Peso de hoje: 73,600 Kg

Subiu desde a última pesagem, mas pra ser sincera achei que o estrago seria maior, já que não subia na balança há bastante tempo. Tenho comido bastante (o frio abre o apetite), e minha única atividade física é vir almoçar em casa a pé, alguns dias.

sexta-feira, 13 de maio de 2016

Frase do dia


Isso é fato. Como agir com pessoas assim? Eu apenas trato com o devido respeito e educação, mas sem permitir que façam parte da minha vida pessoal. Não fico com raiva, tenho pena porque gente assim não é boa companhia pra ninguém. Continuo sendo eu mesma, sem deixar de fazer o que quero por receio do que vão falar pelas costas (tirar sarro das minhas atitudes e do meu jeito), gente que faz isso é pequena e infeliz, mesmo que ache o contrário, pois se tivesse grandiosidade de espírito e felicidade na vida não precisaria falar do outros e tirar sarro de ninguém.

quarta-feira, 11 de maio de 2016

Entendendo a Colelitíase (pedras na vesícula)

A vesícula biliar é uma pequena bolsa em forma de pera, localizada no quadrante superior direito do abdômen, logo abaixo do fígado. Sua principal função é armazenar a bile, um líquido amarelo-esverdeado, rico em colesterol, pigmentos e bicarbonato, produzido pelo próprio fígado. A bile é uma substância que auxilia na digestão das gorduras da alimentação. 

Colelitíase é o nome que é dado à presença de pedras dentro da vesícula, uma condição que pode ser assintomática em alguns casos, mas pode também provocar intensa dor abdominal se houver inflamação da vesícula. As pedras na vesícula, chamadas de colelitíase ou cálculo biliar, surgem quando ocorre um desequilíbrio entre a quantidade de água e as substâncias presentes na bile. A pedra pode surgir quando a quantidade de água retirada da vesícula biliar for excessiva ou quando quantidade de substâncias na bile, como colesterol e pigmentos, estiver em quantidades exageradas, tornando-a saturada.

A maioria das pessoas com pedras na vesícula não apresenta sintomas. As pedrinhas ficam lá dentro da vesícula, quietinhas, sem causar nenhum problema. Às vezes, são tão pequenas que saem junto da bile e acabam sendo eliminadas nas fezes, sem que o paciente tome ciência do fato. Os sintomas começam a surgir quando a pedra torna-se maior que o orifício de saída da vesícula. Uma pedra grande pode ficar impactada na saída da vesícula biliar, impedindo a drenagem do restante da bile. Quando o paciente se alimenta, o estômago e o duodeno enviam sinais à vesícula avisando que está chegando comida, fazendo com que a mesma se contraia. O problema é que a saída está obstruída e a contração acaba gerando uma grande pressão dentro da vesícula, levando à típica dor da cólica biliar.

Complicações possíveis do Cálculo Biliar

Colecistite

A colecistite é a inflamação da vesícula biliar que ocorre normalmente após obstrução frequente da mesma por uma pedra. A vesícula obstruída fica mais susceptível a infecções e inflamações. Ao contrário da cólica biliar onde a dor é limitada e desaparece após o relaxamento da vesícula fora dos períodos de alimentação, na colecistite a vesícula torna-se permanentemente inflamada e a dor é constante, estando habitualmente associada a vômitos e febre. Na colecistite a dor também pode piorar com a alimentação, mas não desaparece por completo com o jejum.

Coledocolitíase, Colangite e Pancreatite por cálculo biliar

Além da cólica biliar e da colecistite, a pedra na vesícula pode causar ainda outro problema. Alguns cálculos são pequenos o suficiente para sair da vesícula, mas são maiores que o diâmetro das vias biliares, ficando impactado nas mesmas, sem conseguir chegar ao duodeno. A impactação de uma pedra nos ductos biliares também causa obstrução à passagem da bile. Este quadro se chama coledocolitíase.

Quando há obstrução apenas da vesícula, a bile armazenada fica estagnada, mas a bile que continua sendo produzida no fígado consegue ser normalmente escoada pelas vias biliares. Por outro lado, quando a pedra impacta na via biliar, nem a bile do fígado nem a bile da vesícula conseguem ultrapassar a barreira. Esta bile represada volta para o fígado e começa a ser absorvida pelo sangue, levando a um quadro chamado icterícia, que é a coloração amarelada da pele e dos olhos devido ao acumulo de bilirrubina (bile) no sangue e na pele.

Um quadro ainda mais grave surge quando a bile obstruída é contaminada por alguma bactéria vinda dos intestinos. Assim como a bile estagnada na vesícula pode se infectar causando a colecistite, a bile estagnada nas vias biliares quando contaminada provoca um quadro chamado colangite. A colangite é uma infecção grave das vias biliares, uma situação que costuma levar à sepse e tem alta mortalidade.

Um terceiro modo de obstrução causado por uma cálculo biliar é a impactação da pedra na saída do ducto do pâncreas. Neste caso, a pedra impede a secreção das enzimas do pâncreas, levando a um quadro de pancreatite aguda.

Tratamento da Pedra na vesícula

Nos pacientes assintomáticos, que encontram uma pedra acidentalmente em exames de rotina, em geral, a conduta é expectante. Trabalhos mostram que menos de 15% das pessoas com pedras desenvolvem sintomas em um prazo de 10 anos. Além disso, a maioria dos pacientes que apresenta sintomas pelo cálculo biliar o fazem como cólica biliar, e não colecistite, colangite ou pancreatite. Portanto, a não ser que haja outros dados na história clínica, habitualmente não se leva à cirurgia pacientes com colelitíase assintomática.

Cirurgia de vesícula

Se o paciente apresenta sintomas da pedra, mesmo que somente cólicas biliares, a cirurgia está indicada. O tratamento mais comum nestes casos é a colecistectomia, retirada cirúrgica da vesícula. A colecistectomia pode ser feita por cirurgia tradicional ou por laparoscopia. Atualmente a cirurgia laparoscópica é a mais usada.

A vesícula é um órgão importante, mas não é vital. A maioria dos pacientes sem vesícula vive sem grandes problemas. Os principais sintomas que surgem após a retirada da vesícula são aumento dos gases e fezes mais amolecidas, principalmente após a ingestão de alimentos gordurosos.

Tratamento não cirúrgico do cálculo biliar

Nos pacientes com pedras predominantemente de colesterol e sem evidências de complicações, há a opção pelo tratamento com remédios. Existe uma substância chamada ácido ursodeoxicólico, ou ursodiol, que dissolve este tipo de cálculo. Através da tomografia computadorizada muitas vezes é possível avaliar a composição das pedras e indicar o tratamento com remédios. O tratamento com esta droga é bem lento e pode durar anos até dissolver totalmente a pedra. Se o paciente estiver tendo cólicas biliares, este tipo de tratamento não está indicado, pois ninguém vai manter o paciente com dor por tanto tempo.
Existe ainda a opção pelo tratamento com ondas de choque (litotripsia), semelhante ao feito com o cálculo renal.

O grande problema do tratamento não cirúrgico é a alta taxa de recorrência das pedras. Mais de 50% dos pacientes voltam a apresentar pedras em um intervalo de 5 anos.

sexta-feira, 6 de maio de 2016

Check up médico


No mês de março eu estava sentindo dores no abdômen, do lado direito, abaixo do peito. Doía quando eu andava, doía quando eu respirava fundo, mas principalmente doía muito quando eu deitava de lado, inclinada para frente, com meu lado direito para cima. Se estivesse deitada assim, e mudasse de posição com a barriga pra cima, a dor era intensa. Às vezes sentia dor mesmo estando sentada. Fui ao médico, mas só consegui marcar os exames que ele pediu para o final de abril, e as dores desapareceram depois de um tempo.

Hoje levei os resultados dos exames para o médico ver. Nos exames de sangue detectou o seguinte:
  • Colesterol HDL (colesterol bom) abaixo do desejável
  • Colesterol Total está no limítrofe
  • Triglicérides está alto
  • Insuficiência de Vitamina D
  • Carência de Vitamina B12
Fiz também um ultrassom total do abdômen, que mostrou que tenho:
  • Pedras na vesícula 
  • Gases no intestino
O médico me disse que vou ter que fazer uma cirurgia para retirar a vesícula (colecistectomia), o quanto antes (ele disse que pedra na vesícula é uma bomba relógio). Ele solicitou raio-x do tórax, eletrocardiograma e coagulograma como preparação para a cirurgia. Felizmente consegui fazer o raio-x hoje mesmo, e marquei os outros dois exames para segunda-feira de manhã.

Ele me receitou um vermífugo (Albendazol 400 mg) e um remédio para a questão da carência de vitamina B12 (Citoneurin 5.000). Falou para voltar a tomar o Dose D e fazer uma atividade física para abaixar as taxas de colesterol e triglicérides.

quarta-feira, 4 de maio de 2016

Cuidando das unhas

Desde criança eu tenho o péssimo hábito de roer as unhas. Às vezes consigo controlar a ansiedade e elas ficam bonitinhas. Estou usando alguns produtos que estão ajudando bastante:

Óleo fortalecedor de unhas, da Granado - vem com conta gotas, eu aplico uma gotinha em cada unha e massageio, antes de dormir.

Complexo redutor de cutículas, da Avon - esse produto é excelente, cumpre o que promete, rende muito e é barato. Eu uso à noite, antes de dormir, e às vezes durante o dia também. Pra ver resultados você tem que usar diariamente, não adianta usar de vez em quando.

Hidratação e outros cuidados para as mãos - durante o dia eu uso o creme de castanha da linha Encanto, da Avon. Quando as mãos estão muito ressecadas eu uso o Creme Clareador Renew, da Avon também. E uma vez por semana faço a esfoliação e hidrato com o kit mãos de seda de pêssego, da Mary Kay.

Aproveitei uma promoção e adquiri alguns esmaltes da Avon, da linha Nailwear Pro+. São lindos e de ótima qualidade, quero comprar outras cores. O azul negro e o vinho clássico eu já tinha comprado em uma promoção anterior!

Quero comprar os produtos da Mavala, que é uma marca importada, voltada especificamente para as unhas. Mas como são caros, vou esperar um pouco.

Meus novos perfumes


Lily Eau de Parfum, 75 ml - O Boticário
Já comprei há alguns meses, é o meu segundo frasco desse perfume (que mudou de embalagem e nome, era Lily Essence). 

Wish Deo Colônia, 60 ml - Mary Kay
Comprei no mês passado, porque fiquei encantada com o frasco, mas apesar de ser cheirosinho, não exala e não tem boa fixação. 

Pimenta Rosa Eau de Cologne, 50 ml - Korres
Comprei pelo catálogo da Avon, pois estava na promoção. Essa marca é grega, e esse perfume é maravilhoso.

Essencial Exclusivo Floral Deo Parfum, 100 ml - Natura
Aproveitei a promoção do catálogo do dia das mães, veio com uma bolsa clutch e um desodorante hidratante. É o meu terceiro frasco desse perfume, simplesmente amo ele, acho que é o perfume que mais combina comigo.